Projeto lança livro com estudos sobre biodiversidade e ações sustentáveis na Bacia Hidrográfica do rio Coruripe

           Dois anos de intensas atividades em sete municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Coruripe resultou na publicação do segundo volume do livro “Restauração do Rio Coruripe – Um projeto de resgate socioambiental” que dividido em onze partes apresenta informações sobre biodiversidade e sustentabilidade, fruto das ações desenvolvidas pelo Projeto Restauração do Rio Coruripe nesse rio eminentemente alagoano.

            Selecionado no programa Petrobras Socioambiental, em 2014, o Projeto RECOR pode dar continuidade as suas ações na Bacia do rio Coruripe, atuando no biênio 2014/2016 com a gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos com base na reversão de processos de degradação desses recursos e ampliando sua área de atuação nessa segunda fase para o Alto, Médio e Baixo Coruripe. De acordo com a coordenadora do projeto, a bióloga Marcela Daher, a equipe técnica do RECOR diagnosticou que “as nascentes, em sua maioria, apresentam forte impacto ambiental, no que tange ao assoreamento, à conservação e à qualidade da água, em virtude das áreas onde estão inseridas, as quais são ocupadas pela agricultura ou pecuária, com forte desmatamento e, portanto, susceptíveis aos contaminantes externos”, aponta. Dessa forma, a intervenção direta a fim de minimizar a situação de contaminação das águas foi urgente. A par dessa situação, o Projeto RECOR criou nessas nascentes ações mitigadoras para a manutenção do fluxo de água na região hidrográfica do Coruripe, melhorando a qualidade ambiental dessas nascentes e fornecendo água de melhor qualidade para as comunidades rurais que delas dependem utilizando a técnica de solo-cimento. Em dois anos, o projeto superou a meta entregando setenta nascentes recuperadas para comunidade ao longo da Bacia. Aliado a esse trabalho, também foi desenvolvido ações de reflorestamento de áreas de mata ciliar.

            Quanto à biodiversidade da Bacia do rio Coruripe, o livro apresenta os resultados do estudo desenvolvido durante cinco campanhas de levantamento de fauna onde foram inventariadas espécies da mastofauna alada e terrestre, herpetofauna e avifauna  resultando em informações inéditas para a área. Segundo o coordenador das campanhas de fauna, o ornitólogo Lahert Lobo, “uma das grandes contribuições do Projeto RECOR para a avifauna foi o primeiro registro de uma espécie rara de gavião, o gavião-gato-do-nordeste (Leptodon forbesi), para as três principais áreas de estudo. Esses dados são de extrema relevância devido à escassez de informações da espécie, que se encontra globalmente ameaçada de extinção”, alerta. Lobo destaca que trabalhos de restauração de ambientes florestais e Áreas de Preservação Permanente na Região Hidrográfica da Bacia do Rio Coruripe tem um potencial positivo para o aumento da diversidade e conservação da fauna decorrente do ganho esperado de habitats.

            O Presidente da Assoc. Pró-Gestão de Recursos Hídricos do Coruripe (AGERH), o economista Geraldo G. de Barros Neto, esclarece que o pilar em que o RECOR se sustenta é a aliança entre o econômico com bem estar social e a preservação ambiental, teoria desenvolvida pelo ecossocioeconomista polonês, Ignacy Sachs. Segundo Barros, “a importância do projeto está baseada na integração entre as esferas ambiental, social e econômica. Dessa forma, a gente vem contribuindo para melhora na qualidade de vida da comunidade do Coruripe”, explica. Barros também destaca que além das pesquisas em biodiversidade e das ações sustentáveis, o livro apresenta informações sobre o trabalho de educação ambiental desenvolvido pelo projeto, “sem as ações de educação ambiental, o projeto não ganharia a força que tem hoje tampouco, a gente garantiria o engajamento da comunidade afim de multiplicar a importância de respeitar e cuidar do meio ambiente”, conclui.

Galeria de fotos: 
FOTO: Hermínio Vilela
FOTO: Joaquim Prado
FOTO: Joaquim Prado
FOTO: Joaquim Prado
FOTO: Bruna Cabral
Informações
Data do evento: 
28/06/16

Comentários